Introdução/ Introduction

Queridos amigos,

Para inaugurar a página Antigo Cancioneiro Brasileiro, gostaria de lhes contar que tive um avô com quem pouco convivi porque, das poucas noites que há em uma semana, separava ele duas para participar da Sociedade Teosófica de Santos;  outras duas para ensaio e a de sábado para a apresentação como  ator do  teatro amador do Real Centro Português de  Santos; para  a família – além do almoço de domingo – restavam as poucas horas que se seguiam à tarde na agremiação de que era um dos diretores – Santos Footebol Clube – houvesse ou não jogo. 

Mas o privilégio de ser sua neta está diretamente ligado às noites das sextas-feiras, que ele dedicava à música.

Sua performance no cavaquinho jamais mereceu destaque, mas pertencia ele a um grupo de amigos seresteiros do mais alto nível de técnica, talento e sensibilidade, que vez ou outra terminava a madrugada no jardim de nossa casa na Av. Ana Costa em Santos, mais precisamente sob a janela da varanda do quarto dele e de minha avó, à qual eu chegava em segundos para junto com ela ter a visão de onde vinha aquele som que sempre parecia chegar de um mundo de magia.

Estudei Música, sim, mas se possuo algum dom em relação a ela devo principalmente à educação do ouvido com o som daqueles especiais artistas, cuja qualidade de interpretação e de beleza harmônica dos arranjos garanto idênticas às que trouxe para vocês na segunda parte do PPS-Rosa – com a diferença de que eles não tinham sax, mas eram bem mais ricos nas cordas.  Lembrar o diálogo do bandolim com o violão me emociona muito... 

Dirão alguns que esta página ficou retrô demais, enquanto muitos outros – tenho certeza – continuarão a festejar a possibilidade de reviver criações de tão talentosos compositores de nosso antigo cancioneiro, e será especialmente para estes que me empenharei em formatar mais algumas de suas joias que estiverem a meu alcance.

Delza

----------------------------------------------------------------------

Dear friends,

To inaugurate the page Old Brazilian Cancionero, I want to tell you that I had a grandfather with whom I little could be together because from the few nights there are in a week, he separated two to join the Theosophical Society of Santos; and the other two to Saturday rehearsals and presentations as an actor at the amateur theater of the Royal Portuguese Center of Santos; for the family – besides the Sunday lunch – remained the few hours that followed his afternoon presence at the Santos Footebol Club (sic), society of which he was one of the directors – having or not a soccer match.

But the privilege of being his granddaughter is directly linked to the Friday nights, which he devoted to music.

His performance in the cavaquinho has never deserved prominence, but he belonged to a group of serenade friends of the highest technical level, talent and sensitivity, which occasionally ended at dawn in the garden of our house in Ana Costa Avenue in Santos, more precisely under the balcony window of my grandmother's room, at which I also came in seconds to share with her the vision of where that sound was coming from, sound that seemed to me as coming from a world of magic.

I studied music, yes, but if I have any privilege in relation to it it’s due mainly to my hearing have been educated by the sound of these special artists, which quality of interpretation and harmonic beauty of musical arrangements I assure you was identical to the one I brought you the second part of the PPS-Rose - the difference is that they did not have sax, but were richer in the strings. Remembering the dialogue between the mandolin and the guitar always moves me...

Some will say that this page will remain as is too retro, while many others - I'm sure - will continue to celebrate the possibility of reviving the creations of such talented composers of our old Cancionero; and it will be for these that I will endeavor to format more of some of its jewels that may be within my reach.

Delza

2 Comentários:

Anônimo disse...

MUITO LOUVÁVEL SUA INICIATIVA DELZA.

NOS DIAS ATUAIS, ONDE NÃO TEMOS MAIS MÚSICOS E POETAS PARA ELABORAR COMPOSIÇÕES E POESIAS MUSICÁVEIS AGRADÁVEIS AO OUVIDO, RESTA-NOS PESSOAS COMO VOCÊ PARA PREENCHER ESSE VAZIO.

PARABENS

WILLI BORNMANN

Anônimo disse...

Delza:
Já conhecia uns poucos trabalhos seus, com temas diversos, mas ao receber de um amigo da Ilha da Madeira o seu CliPPS "Barracão de zinco" sinceramente me emocionei, pois é uma das mais lindas poesias musicadas do nosso Brasil. Já assinei o pedido de que me mande as atualizações, pois, somente ao ler a seção de temas do "Cancioneiro", sei que vou passar algum tempo dos meus 89 ouvendo (ouvindo + vendo) os seus lindos trabalhos. Por favor, não desligue! Continue a agradar os nossos ouvidos e a nossa visão romântica do passado com tantas belas joias musicais. PARABÉNS!
Fernando Moraes Pereira (P.Alegre)

Lista de Temas / Tag List

abandono (1) Acalanto (1) afago (1) Aloysio de Oliveira (1) Amanda (1) amor (15) Anos Dourados (1) Antonio Marcos (2) Ave Maria (1) Baden Powell (2) Bahia (1) baile (1) barco (1) barracão de zinco (1) beach (1) beijo (1) Berceuse (1) Beth Carvalho (1) betrayal (1) blonde (1) Bossa Nova (1) Brasil (1) Caetano Veloso (2) Cândido das Neves (1) caress (1) Carinhoso (1) Carlos Lyra (1) Cartola (1) Cesar Camargo Mariano (4) Chão de Estrelas (1) Chico Buarque (3) Claudette Soares (2) CliPPS (2) Como vai você (1) Copacabana (1) Cultures and Art (1) Dalva de Oliveira (1) desilusão (2) Dick Farney (1) Dilermando Reis (1) Diogo Moreira (1) Dolores Duran (1) Dori Caymmi (3) Dorival Caymmi (1) Elis Regina (6) Elizeth Cardoso (1) Emílio Santiago (1) Erasmo Carlos (2) erotismo (1) fantasia (1) flor (1) flores (1) Francisco Alves (1) Gal Costa (1) gardenias (1) hands (1) Henry Vogeler (1) Herivelto Martins (2) Hervé Cordovil (1) Ivan Lins (1) Jacob do Bandolim (2) João Carlos Assis Brasil (1) João de Barro (1) Jorge Faraj (1) kiss (1) lábios (1) lágrimas (1) Lamartine Babo (1) lips (1) loira (1) love (2) lua (2) luar (1) Luiz Peixoto (1) Lullaby (1) mãos (2) mar (2) Maria Bethania (4) Mario Marcos (1) Martinho da Vila (1) Maysa (1) Meiga Presença (1) memórias (1) Milton Nascimento (2) momentos (1) moments (1) morro (1) Nana Caymmi (4) Nelson Motta (1) Newton Teixeira (1) Noel Rosa (1) Orlando Silva (2) Paulo Moura e os Batutas (1) pele (1) Peri Ribeiro (2) Pixinguinha (2) poesia (1) praia (1) Primavera (1) Renato Braz (1) Rio de Janeiro (2) Roberto Carlos (4) Roberto Menescal (1) romance (8) Ronaldo Bôscoli (1) Rosa (2) Ruy Guerra (1) Sabiá (1) samba (1) saudade (1) saveiros (1) sea (1) sensualidade (2) separação (1) separation (1) seresta (2) Silvio Caldas (1) Sweet Presence (1) tatuagem (1) tears (1) ternura (1) Thrush (1) Tom Jobim (5) traição (1) Vinícius de Moraes (2) violão (1) Wagner Tiso (1) Wilson das Neves (1)

See also:

Cultures and Art
in ENGLISH
download our PowerPoint slideshows in English.

Click HERE